Visita da Virgem Maria a Santa Isabel

31 de maio

É uma visita tão importante que merece ser bem comemorada, pois envolve quatro pessoas muito especiais.

Duas senhoras portadoras, cada uma, de um tesouro.

Isabel traz João, “o maior homem nascido de mulher” (Mt 11, 11).

A Virgem dará à luz o Filho de Deus!

  NESTE dia a Igreja Católica comemora a visitação de Maria a sua prima Isabel (Lucas 1, 39-56). Pois o Arcanjo Gabriel acaba de anunciar a Maria a decisão do Pai: Ela conceberia o Filho por intermédio do Espírito Santo. E mais: sua idosa prima Isabel está grávida, pois para Deus nada é impossível.

Maria não pensa duas vezes. Tem de apoiar a parenta! Mesmo que seja preciso percorrer a pé 100 montanhosos quilômetros até Hebron.

Segundo o Evangelho de São Lucas, o bebê João, fruto também da ação de Deus, movimentou-se no ventre de Isabel quando esta ouviu a saudação da Virgem de Nazaré, reconhecendo assim a presença, em Maria, de outro bebê, Jesus.

Santa Isabel e São Zacarias recebem a Virgem Maria e São José 

Então, Isabel pronuncia a inspirada frase: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!”, que se torna parte da oração Ave Maria (Lucas 1, 42), a prece mais rezada em escala mundial.

Entretanto, só no século XIII – portanto na Idade Média –, que a Visitação começa a ser festejada, por iniciativa do franciscano São Boaventura, contemporâneo de São Tomás de Aquino. Espalha-se pelo mundo católico, sendo comemorada em diferentes datas, até que, sete séculos depois, Paulo VI decide colocá-la no dia 31 de maio, entre a Solenidade da Anunciação do Senhor (25 de março) e a do Nascimento de João Batista (24 de junho), para harmonizar melhor com o relato da Bíblia.

A Visitação é contemplada no segundo Mistério Gozoso da oração do Santo Rosário. Esse tema é um dos grandes assuntos que a arte cristã se ocupa, tendo sido representado por diversos artistas famosos. #