São Luís de Gonzaga, padroeiro da juventude

21 de junho

Jovem, nobre, noviço jesuíta, exemplo de

pureza e humildade

  LUÍS tem tudo para ser um grande homem. Filho de um marquês, irmão de um duque, nasce em 1568. É a esperança dos Gonzaga. Com 5 anos de idade já está aprendendo as artes da legítima defesa no caso de ataques de inimigos.

 Educação clássica não falta, pois sua mãe está sempre atenta, e não o deixa também sem uma exímia formação católica. Com essa bagagem, frequenta ambientes requintados da alta nobreza, sem perder de vista seu objetivo.

 Mas, o que pretende este menino? Não vai querer prolongar a fama da família Gonzaga?

 Vai. Mas com outras armas, como veremos a seguir.

 Luís tem pouca idade e muita decisão. Passa alguns anos na Espanha, onde estuda filosofia numa universidade, e aprofunda seu conhecimento da doutrina católica.

 Já decidido a permanecer virgem, recebe a primeira comunhão das mãos de São Carlos Borromeu, e opta pela vida religiosa. Vai ser jesuíta, ou seja, da Companhia de Jesus, fundada por Santo Inácio de Loyola.

 Renunciando a seu padrão de nobreza, prefere executar os trabalhos mais humildes. Ao tomar uma decisão, pergunta a si mesmo o que é melhor, em vista da eternidade.

 Entretanto, nas ruas de Roma, ajudando pessoas vitimadas pela epidemia de tifo, é contagiado pela doença. Passados alguns meses de sofrimento, falece no dia 21 de junho de 1591, tendo só 23 anos.

 Canonizado em 1726, estará sempre no calendário dos Santos, perpetuando assim a memória de sua família junto ao trono de Deus e à lembrança dos homens!

 São Luís Gonzaga é considerado padroeiro da juventude e dos estudantes. #

  Mais informações.