Hierarquia dos Anjos

Criaturas imateriais, eles estão divididos

em nove coros ou ordens

  Superioridade — Criados por Deus como espíritos puros e perfeitos, os Anjos não têm corpo. A perfeição deles deriva do fato de terem uma natureza mais parecida com a de Deus. Portanto, são superiores aos humanos, porque estes são compostos de espírito e matéria.

 Superiores inclusive pela inteligência, eles têm um conhecimento intuitivo de Deus, dos outros Anjos e dos homens. Ou seja, não necessitam usar o raciocínio.

  Limitações Mas uma coisa o Anjo não consegue: penetrar nos segredos dos corações humanos. Não pode também estar em todo lugar ao mesmo tempo — o que é uma qualidade só de Deus —, entretanto o Anjo pode atuar simultaneamente em vários lugares.

 Os demônios são anjos revoltados contra Deus, que entretanto não perderam as características da natureza angélica.

 Daí a necessidade que temos de nos prevenir contra suas artimanhas. Nesta linha, nada melhor do que recorrermos aos que os derrotaram lá no Céu.

  Vamos conhecê-los? Os Anjos são muito numerosos. A Bíblia menciona sempre “o exército dos Anjos”.

 Preso, Cristo disse que se Ele solicitasse, o Pai mandaria mais de 12 legiões de Anjos (cerca de 60.000) para o defender (cf Mt 26, 53).

 Em suas visões, o profeta Daniel diz haver mil milhões assistindo a Deus em seu trono (cf Dn 7, 10).

 Há quem se dá o trabalho de conjeturar quantos Anjos existem. Mas sem uma revelação divina, será que se chega a algum resultado?

 Enquanto isso, vejamos como é a divisão de funções do exército celeste. Inclusive para sabermos recorrer corretamente, em alguma emergência ou no dia-a-dia:

  Hierarquias e coros — Os Anjos estão divididos em 3 hierarquias, e cada uma delas em 3 coros ou ordens.

 A primeira hierarquia é a dos que contemplam a Deus: Serafins, Querubins e Tronos.

 A segunda hierarquia se ocupa do governo do mundo: Dominações, Virtudes e Potestades.

 A terceira é encarregada de executar as ordens divinas: Principados, Arcanjos e Anjos.

 Entretanto, cada um desses espíritos possui uma personalidade própria, inconfundível e específica, não havendo sido criado um igual ao outro. #