São Saturnino, terror dos ídolos

29 de Novembro

A devoção a este santo é uma das mais populares

na França e na Espanha

  NASCIDO na Grécia, foi o primeiro bispo de Toulouse nos anos 250. Era uma época em que a Igreja Católica, perseguida, contava com poucas comunidades naquela região. E nos templos pagãos era grande o número de adoradores de deuses que “têm boca, mas não falam; olhos, mas não podem ver…” (Salmo 113, 12-16).

 Saturnino, após uma peregrinação pela Terra Santa, começara a evangelização do Egito, onde converteu um bom número de pagãos.

 Foi então para Roma e, fazendo uma longa viagem por vales e montanhas, atingiu a Gália.

  Missionário – Por onde andava, fazia fervorosas pregações, convertendo ao Cristianismo quase todos os habitantes que encontrava.

 Consta que ele ordenou o futuro Santo Honesto, e juntos foram para a Espanha, onde teria também batizado São Firmino. Depois regressou para Toulouse, mas antes consagrou o primeiro como bispo de Pamplona e o segundo para assumir a diocese de Amiens.

 Fixando-se em Toulouse, Saturnino foi seu primeiro bispo. Embora houvesse um decreto do imperador proibindo e punindo com a morte quem participasse de missas ou mesmo de simples reuniões cristãs, Saturnino celebrava o santo sacrifício da missa e dava a comunhão aos católicos.

  Morto por um boi – Assim, ele e outras quarenta e oito pessoas foram descobertas na hora da Missa num domingo, sendo presas e julgadas. O juiz ordenou que o bispo sacrificasse um touro em honra a Júpiter, deus pagão. Como se recusou, foi amarrado pelos pés ao pescoço do animal, que o arrastou pela escadaria do templo. Morreu com os membros esfacelados. O seu corpo foi recolhido e sepultado por duas cristãs.

 No século VI, para abrigar suas relíquias, um duque francês mandou erguer a belíssima igreja dedicada a ele, chamada, em francês, de Saint Sernin du Taur, que existe até hoje com o nome de Nossa Senhora do Touro.

 A festa de São Saturnino, bispo de Toulouse, é no dia 29 de novembro (cf site Paulinas).

  Contra idolatria – Comenta o Dr. Plinio Corrêa de Oliveira que São Saturnino “possuía uma ação de presença pela qual o simples fato de passar diante dos ídolos, através dos quais os demônios falavam, fazia com que os espíritos maus fugissem e os falsos deuses emudecessem” (Rev. Dr. Plinio nº 260).

 Portanto é uma devoção muito atual para fazer face aos ídolos que estão aparecendo por aí…

 

Grupo de Estudos e Pesquisas

Leigos que professam a religião católica, apostólica, romana, e se consagram a Nossa Senhora segundo o método de São Luís Grignion. Há bacharéis em teologia, missionários, escritores, professores, estudantes. Alguns colaboram em revistas, boletins e sites, ou exercem voluntariado em entidades beneficentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *