Prece das Certezas

Hilário, o Santo que vence imperador, escreve

tratado e faz esta bela oração

NASCIDO há 16 séculos, o autor desta oração é Santo Hilário de Poitiers (França). Seu nome vem do grego e significa “feliz” ou “alegre”. De família pagã, converteu-se ao Catolicismo no ano 345. Juntamente com Santo Atanásio (de Alexandria, no Egito), enfrentou o arianismo, uma heresia que não aceitava o dogma da Santíssima Trindade. Armado com estudos, virtudes e verdades da Fé católica, o bispo Hilário travou combates teológicos escritos e falados, inclusive com o imperador romano Constâncio. Este e os arianos seus amigos, derrotados nos argumentos, recorreram à força, exilando-o para a Frígia (na atual Turquia).

Há males que vêm para bem. Nos cinco anos que esteve no Oriente aprendeu grego e teve contato com as obras teológicas dos Padres orientais. Trouxe muitos textos que lhe foram úteis para escrever um tratado sobre a Santíssima Trindade, que lhe angariou o título de Doutor da Igreja.

De volta a Poitiers, o valente polemista retomou o comando da diocese, agora ajudado pelo futuro bispo de Tours, São Martinho.

Uma amostra do calibre de sua pena e do timbre de seu amor pode ser degustada na oração abaixo – aliás, tão apropriada ao nosso blog –, à qual damos o título de Prece das Certezas:

Pai, Filho e Espírito Santo, sendo adorados por Anjos e Santos

Santíssima Trindade   *   Fonte: Catequizar

“Peço-Te, Pai Santo, Deus Todo-Poderoso, que conserves intacto o fervor da minha fé e, até ao último suspiro, me concedas conformar a minha voz às minhas convicções profundas.

Sim, que eu conserve sempre aquilo que afirmei no credo que foi proclamado aquando do meu novo nascimento, quando fui batizado no Pai, no Filho e no Espírito Santo.

Concede-me que Te adore, a Ti, Pai nosso, e ao teu Filho, que é um só Deus contigo; faz com que obtenha o teu Espírito Santo, que de Ti procede, pelo teu Filho único.

A minha fé tem a seu favor uma excelente testemunha: (…) é o meu Senhor Jesus Cristo, Deus eterno em Ti, de Ti e contigo, Ele que é bendito pelos séculos dos séculos. Amém”.

(Santo Hilário de Poitiers (315-367) – Bispo e Doutor da Igreja – Sobre a Trindade, 12, oração final)