Primeiros passos no jardim do éden

 

Deus é a Sabedoria, o Sumo Bem,

a Onipotência

 

Para espelhar Suas qualidades ─ em apenas seis dias ─, cria incontáveis Anjos, e faz brotar do nada um universo tão imenso. Surgem esferas aos trilhões, desfilando sem se chocarem, num espaço sem fim.

Prepara uma bola de 510 milhões de quilômetros quadrados, guarnecida por nuvens de chuva e sombra. Planta nela uma vegetação abundante, onde vive imensa variedade de animais terrestres, aéreos e aquáticos. Para estes últimos, aquários especiais: oceanos, lagos e rios.

Está tudo pronto para a entrada da mais perfeita das criaturas visíveis. Obra prima da Criação material, Adão é colocado por Deus no paraíso terrestre, onde as árvores se inclinam a fim de oferecer-lhe seus doces frutos.

Os nomes apropriados a todos os animais resultam de sua sabedoria.

Para completar a obra, o Altíssimo ─ não querendo que o homem estivesse só ─ providencia a criação de Eva.

O primeiro casal vive feliz nesse éden divinamente preparado. Seguindo instruções do Criador, chegam filhos e filhas, começando, assim, a povoar a Terra.

Entretanto, lá no Alto, dos puros espíritos que servem junto ao trono da Trindade, alguns se rebelam, querendo ser iguais a Deus. Têm de ser expulsos do Céu e condenados ao inferno. São chamados de demônio, satanás, diabo e outros nomes tão feios quanto eles próprios.

Estes espíritos revoltosos desejavam impedir, por inveja, que o homem pudesse gozar a felicidade eterna que eles perderam. Para tal, um deles tomou a forma de serpente e tentou Eva para que ela comesse o fruto [de certa árvore que Deus havia proibido comer] e convencesse Adão a comer também. Após eles terem devorado o fruto, ficaram cheios de confusão. Por esse pecado de desobediência foram expulsos do paraíso.

Foi este pecado que deu origem a todos os outros, transmitido de Adão à sua descendência. Daí originaram-se todos os males que atingem corpos e almas de todos os humanos.

Adão e Eva tiveram diversos filhos. Caim era agricultor e Abel, pastor. Deus aceitou os sacrifícios de Abel e rejeitou os de Caim. Este, por inveja matou o seu irmão e foi punido: passando a andar errante e sem poder encontrar refúgio.

Caim deixou descendentes, como Jubal (que inventou a música), Tubalcaim (descobriu o modo de fundir o ferro) e Noêmia (fiação de lã e tecelagem).

Outro filho do primeiro casal foi Set, um homem bom que deixou numerosa descendência, entre eles destacam-se:

Hénos: O primeiro a realizar um culto externo a Deus.

Henoque: Transladado milagrosamente do convívio dos homens.

Matusalém: Conhecido por ser o homem com vida mais longa.

No entanto, a descendência de Set se misturou com a de Caim, gerando gigantes monstruosos que encheram a terra de vícios e crimes.

Mas, Noé e sua família permaneceram fiéis no meio da depravação geral, e encontraram graça diante de Deus, que os ordenou que construíssem uma arca.

E também mandou que Noé lhes pregasse a justiça, para que se arrependessem. #

Grupo de Estudos e Pesquisas

Leigos que professam a religião católica, apostólica, romana, e se consagram a Nossa Senhora segundo o método de São Luís Grignion. Há bacharéis em teologia, missionários, escritores, professores, estudantes. Alguns colaboram em revistas, boletins e sites, ou exercem voluntariado em entidades beneficentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *